Blogs & Youtube | Opinião 📄

by - sábado, outubro 14, 2017

Há mais de 5 anos que gosto de partilhar as minhas fotografias no blog!

Num tom de desabafo e de reflexão, todos os dias quando ligo o meu computador abro logo no browser as seguintes páginas, quase sempre por esta ordem: Gmail, Facebook e Youtube. 📄

Se calhar depende muito de cada pessoa, das suas necessidades e gostos, mas na realidade é essa a minha "rotina". Consultar o email, ver as notícias no facebook (sim, é o melhor sítio para mim consultar notícias atuais de vários jornais) e também coscuvilhar algumas publicações que é para isso as redes socais servem 😂 e por fim ver os últimos vídeos dos canais que subscrevi no Youtube.

Que blogs eu sigo durante o dia? Muito sinceramente, um ou outro. Torna-se mais interativo para mim ver um vídeo, sigo canais de moda e beleza, lifestyle, receitas etc.
Há muitos anos atrás quando era mais ativa nos mundos dos blogs, o Youtube ainda estava em fase de crescimento e nem havia aquela palavra agora tão conhecida como "vlogs". Era onde ouvia música, via vídeos de ballet para aprender um pouco mais.
E eu adorava o mundo dos blogs, partilhar as minhas fotografias, receber o feedback, visitar blogs e conhecer um pouco a vida das outras bloggers, divertir-me na parte da construção visual do meu blog seja graficamente ou programando a nível de web para deixar o meu blog bonito.

Com o crescimento do Youtube, sinto que neste momento é um mundo que cresce a cada dia que passa, ainda mais com isto dos vlogs e outras TAG's que criaram podemos conhecer a vida de uma pessoa do outro lado do mundo, o que para mim é bastante interessante. Travel vlogs são os meus preferidos. Quando assistimos um vídeo, sentimos que essa pessoa está a falar para nós, estamos a ver e a ouvir uma pessoa a falar, e acredito que por isso haja mais empatia com os subscritores.

Os blogs que sigo são especialmente sobre viagens, receitas, lifestyle, ou blogs que têm a haver com a minha área de trabalho. Há pouco tempo encontrei um blog que chamou-me imensa atenção porque na altura estava a precisar de ler aquele tipo de texto, e então li grande parte dos posts que até cheguei a consultar os arquivos para ler mais e mais. Por acaso essa blogger lançou um livro e fiquei com vontade de comprar, porque de alguma forma identifiquei-me com aqueles textos e da forma como escrevia.

Em Portugal existem blogs fantásticos! Seja de moda e beleza, lifestyle, alimentação saúdavel...
Há bloggers muito talentosas, mas de alguma forma prefiro sempre ver o Instagram delas do que ver os Blogs por exemplo. Talvez por ser mais rápido e intuitivo? Neste caso há blogs e blogs.

Se for um post com conteúdo que não dá para apresentar em formato vídeo, como por exemplo, um texto/história mais pessoal, ou de algumas dicas/ferramentas sobre de um determinado assunto, faz sentido haver um post no blog/site.

Mas às vezes dá para reparar, como por exemplo um blog de opiniões, que o blogger partilha mais no Facebook (é mais assíduo nas publicações), porque é onde pode obter gostos, partilhas e comentários. Consegue facilmente partilhar a um maior número de pessoas, de diferentes faixas etárias, num só sítio.

Eu sou apaixonada por um bom blog através da parte visual de como está organizado, pela escrita (conteúdo) e de como conseguem transmitir seja por escrito ou visualmente o seu conteúdo de uma forma clara e intuitiva.
E ter/construir/desenvolver um blog assim, é quase uma arte! Um blog/site é uma peça de arte única onde podemos moldar o que quisermos lá!
Onde definimos o tema que pretendemos partilhar aos nossos leitores, distinguir o nosso target, estruturar todo o conteúdo do blog para que não seja uma confusão.
Às vezes gostava de ser uma artista perante a este hobbie de ser blogger.

Acho interessante como o Youtube está tão presente nas nossas vidas hoje em dia, principalmente entre conversas com amigos e familiares.
Falo por mim, quando estou com a minha prima que tem quase a mesma idade que eu, falamos do quê? Das nossas Youtubers preferidas. Quando vou ali ao chat de grupo do Facebook das minhas colegas grande parte partilhamos novidades "A Maria Vaidosa lançou uma revista!" ou até mesmo com os amigos às vezes a conversa acaba sempre por falar dos Youtubers como o Wuant, D4rkFrame, Windoh, SirKazzio, Pewdiepie etc. Claro que, deve-se sublinhar que estas conversas geralmente são faladas entre crianças, adolescentes e jovens. Não acredito, nem conheço, um adulto que segue pontualmente algum canal de Youtube.

A essência deste blog basicamente é a partilha dos meus passeios em formato fotográfico, já tentei fazer vídeos, mas acabo sempre por achar que o conteúdo já não é relevante se já posso publicar as minhas fotos via Instagram, Facebook etc.

Até podemos fazer aqui um pequeno estudo.

Um dos posts mais visitados de sempre do meu blog foram aqueles que inclui um vídeo!
Lancei também uma pergunta no meu instastories onde demonstrei alguma dúvida acerca da existência do  blog, e apenas quis saber o que as pessoas preferiam, porque lá está, são interesses! Mas o resultado apesar de não ser um grande número, dá para perceber a diferença:

É de fato interessante ver a notória diferença e de como as coisas mudaram ao longo dos tempos.
Deixo assim uma última questão, será que se vai inventar uma nova tecnologia/ferramenta em que os blogs vão ganhar peso de novo ou o Youtube vai ganhar uma dimensão tão grande que vai conseguir matar os blogs mais pessoais?

You May Also Like

2 Comentários

  1. Tenho pensado imenso nisso, há anos que estou neste mundo e a verdade é que os blogs já nao têm a audencia que tinham, eu propria sigo realmente muito poucos blogs, e tenho pena que se tenha perdido essa magia de todos os dias escrever o link de alguem para ver se já partilhou outro post, o youtube é nos dias de hoje uma plataforma importante para todos acho, estou a pensar em começar um projeto lá tambem!
    obrigado pelo desabafo|
    beijinho
    catarinarife.blosgpot.com

    ResponderEliminar
  2. Acho curiosa a tua opinião, que vai certamente de encontro à realidade, ainda assim acabas por a escrever num... blogue. Eu sou ainda da velha guarda que gosta de ler, de reler, de conhecer a pessoa no cuidado que embute nas palavras que escreve. Acredito que não é tão intuitivo, embora seja mais real, por um lado.
    A verdade é que também me confesso uma ávida consumidora de Youtube. Selectiva, mas activa. Já considerei publicar vídeos das minhas viagens, que tendo a filmar para recordação pessoal, mas sinto uma estranheza tal pelo hábito das palavras escritas que não me sinto ainda capaz.
    Quem sabe, um dia...

    Até lá, sou confundida no meu quotidiano com a ViThtube Brasileira pelas turmas das escolas que frequento. Ahah. Realmente o Youtube está muito presente!

    BIJU DA JU ❤

    ResponderEliminar